quinta-feira, 2 de outubro de 2008

E o Nobel vai para...


"Ninguém tem o direito de direcionar o amor de Deus. Deus ama incondicionalmente a todos. Os bons, os maus, os gays, as lésbicas, os negros e os brancos. (...) Eu não concebo a idéia de que Deus diz a um filho seu: ‘Você não pode ser negro, deveria ter nascido branco!’, ou ‘Você não pode ser mulher, deveria ter nascido homem!’, ou, ainda, ‘Você não pode ser homossexual, deveria ter nascido heterossexual!’ Não penso que Deus seja assim!"


Arcebispo Desmond Tutu (prêmio Nobel da Paz de 1994, arcebispo emérito da Cidade do Cabo).


Homenagem no dia do idoso a um ser cuja alma corre, pula, trepa e rouba manga do pé.

9 comentários:

Serginho Tavares disse...

se todos fossem como ele, se todos fossem como você
ai sim o mundo seria bem mais maravilhoso

beijos

mãezinha, anna maria disse...

Bom dia filho!
Ao ler este pequeno trecho do arcebispo Desmond Tutu tenho mais é que aplaudir pela verdade dita. É isto mesmo, Deus nos fez a Sua imagem e semelhança e seremos sempre Seus filhos, da maneira como cada um deseja ser.

Eu tenho um amigo que é gay assumido, uma pessoa maravilhosa, um coração que muitos não têem, fala de Deus de uma maneira tão doce!
Ele tem um carinho muito grande por mim, me considera sua mãe, pois ele perdeu a dele faz pouco tempo.
Converso muito com ele, pois sinto o quanto ele sente necessidade de falar, de se expressar...
É uma pessoa madura, já com seus quase 50 anos ou mais, olhos verdes e muito lindo, por dentro e por fora!

Filho gostei também da figura do arcebispo, representando muito bem a idade dos idosos.
Ontem na hidro, celebramos com um bolo e salgadinhos o nosso dia!

Com muito carinho, agradeço em nome de todos os idosos, a homenagem feita a nós.

Um beijo da sua e sempre mãezinha mineira, ANNA MARIA

sérgio sandes disse...

Toda verdade, é demasiadamente bonita.

Xêro e dengo meu...

Alone disse...

Tem a ver muito com o que estou vivendo no momento, dúvidas sobre minha fé!

Abç
vc faz bem são os olhares amigos que me fazer renascer!

[Farelos e Sílabas] disse...

...

Quanta verdade em cada fala de cada um de vocês! São os melhores farelos, aqueles que vêm de nossas verdades!

Não é à toa que é "demasiadamente bonita", assim como o amor, como o Todo-amor que há.

Obrigado pelos farelinhos deixados por todos. De coração!

...

Camila disse...

Concordo em número, genero e grau!
O mundo precisa mais de pessoas como ele!
Beijo

Carlinha disse...

Domingo fui à igreja e o padre disse sobre isso.
Ele disse que o homem foi feito para a mulher e não o homem para o homem e que Deus ama a todos sem exceção, só que Ele ama o pecador e não o pecado.
Eu sicneramente acho que Deus ama a todos e não acho que ser gay seja um pecado porque isso a pessoa não escolhe. Aliás, eu acho que ninguém se apaixona pelo que há entre as pernas da pessoas, elas se apaixonam pela pessoa em si, seja ela homem ou mulher.
Beijos

[Farelos e Sílabas] disse...

...

Camila, que matemática mais ilógica! Parece demais com o indizível amor de Deus!

Eu também concordo em gênero, número e grau!

Beijão!

...

[Farelos e Sílabas] disse...

...

Oi, Carlinha, o padre tem razão!

"Só que Ele ama o pecador e não o pecado".

Exatamente!

É por isso mesmo que "que Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo, não imputando aos homens as suas transgressões” (2 Co 5,19), porque “todos pecaram” (Rm 3,23), de tal forma que nivelados estamos todos. E “não há justo, nem um sequer” (Rm 3,10).

Até porque, se fosse considerar a perfeição (do ponto de vista moral ou de qualquer outro) supostamente existente em “alguns”, haveria justos entre nós! Por não haver é que até o padre se deu bem; do contrário, se numa possibilidade hipotética (que não existe!) Ele resolvesse imputar aos homens os seus erros a perguntaria seria: “cadê todo mundo?”

Agora, quanto aos gays serem os bodes-expiatórios, trata-se da escolha da hora nestes anos. A História nos revela que os negros já foram vistos como “sem alma” pela Igreja e muito antes as mulheres nada significavam.

Alguns me lerão e dirão: mas o que faço com as passagens bíblicas sobre o comportamento homossexual? A resposta é simples: a mesma coisa que fazemos com o camarão, com o coelho e com a barba! Não entenderam? A Bíblia, escrita ao longo de centenas de anos, épocas e culturas as mais diferentes, entenderam que seria “imundo” comer carne de porco, de coelho, de camarão, de lagosta, de ostra, etc, assim como sequer aparar a ponta dos fios da barba seria “desonroso”. Mas, se ainda assim, tudo parecer relativo demais (para alguns), resta um consolo: faça como Jesus quando disse “o que diz na VOSSA lei? (...) Eu, PORÉM, vos digo”. Acho que esse “vossa lei” já deixa muita coisa bastante clara entre o Amor de Deus e a necessidade humana de criar seus bodes expiatórios!

Beijo!

...

Related Posts with Thumbnails