sábado, 29 de novembro de 2008

Auto-exame



“A gaveta da alegria
já está cheia
de ficar vazia”

Alice Ruiz


==============================



Chuvinha esfria os verbos da noite. As orações estão molhadas como as ruas. Ainda bem que estou em casa. Titãs me fazem companhia: “Pra dizer adeus”

Logo esta canção!

Hoje não fui assistir ao espetáculo da Árvore de Natal da Lagoa. Várias atrações. Bem em frente à janela do apartamento de William Bonner e Fátima Bernardes... Mas a chuva insistia em regar as nuvens. Pois, então: elas cresceram tanto que ficaram pesadas. Algumas, obesas, desabaram...



==============================

6 comentários:

Robson disse...

Acho que entendo orações molhadas...

Alex&Elisa disse...

Chuva
traz teu silencio
Regando o solo
E quem se escondeu
Chuva
Leva, longe meus olhos
Me faz sentir tão só
Sob teu céu
Chuva

Quando vier se derrubar
Não deixe que ninguém tome o seu lugar
Chuva
Cai devagar
Cai devagar
Chuva

Quando vier se derrubar
Não deixe que ninguém tome o seu lugar

Chuva(João Pacheco)

...

Pingos de chuva no rosto, numa volta para casa a pé, num fim de tarde simples...

Alex e a Chuva

ladyneide disse...

Adoooro Alice Ruiz!!! (:
Amooooo você, maninhooo!!!*-*

E só para reafirmar..."sobra tanta falta"! ¬ ¬'

Beijoooazull!!!


Saudade imensa é o que sinto...

mãezinha, anna maria disse...

Lindo de mãezinha, o meu domingo foi bem diferente do seu... mas no finalzinho do dia teve muitas lágrimas derramadas, e como teve. Acho que cheguei a molhar o chão e um anjo que orou comigo saiu molhada também.
Seu maninho Chico é uma bênção, pois fez muita gente chorar no final do encontro e não foi emoção, foi mesmo pedidos de perdão, arrependimentos, foi a graça do Pai entrando em muitos corações.
Valeu a pena estes dois dias passados com ele. Queria muito poder te contar, mas sei que é difícil falar contigo e por carta eu não consigo expressar tudo aquilo que senti, no sábado e no domingo.

Lembra de uma música que te mandei em Cd, "Humano demais"? Pois é, se você puder escutá-la novamente, reflita nela, vai fundo...

O pessoal do Caminho tem colocado sempre como louvor e realmente é muito linda.

Aqui choveu só no sábado e ontem no sitio, tivemos tanto sol que deu piscina e depois a tarde foi aquela maravilha de Palavra.

Chico já está em Brasília. Saiu hoje às 9 horas da manhã.

Meu filhotinho lindo, que a Graça continue te enchendo de bênçãos para você continuar escrevendo. Continue levando as boas novas.

Um beijo saudoso em seu coração.
Sua mãezinha que fica sempre na esperança de te rever um dia.

[Farelos e Sílabas] disse...

...

Robson:

Sei que entendes, meu amigo. Bem sei...

...

Alex:

Chegando mansinha, caindo firme,
Furando nossos sonhos,
regando esperança,
sob nosso céu,
sementes
sementes
sementes

Nem tudo foi em vão,
bem sei que a terra engravidará

Sementes brotarão,
sonhos novos hão de germinar...

...

O casaco e a pele estão encharcados. Disseram que é o melhor banho pro fôlego, o banho de chuva no meio do caminho. No firmamento, o sinal da aliança entre o real e a fantasia: o arco-íris. Como a Natureza é sábia e imprevisível! Meus passos caminham de volta. Meu abrigo é o sorriso simples com a beleza da Criação...

...

Neidinha:

“sobre tanta falta”... Eu me perderia nas palavras em meio à multidão de gratidão...

Intensamente azuis: você, você mesma e a luz que reflete em ti!

Beijo, maninha!

...

Mãe:

Quando o Sol entra, tudo tem que brilhar... o ser, aliviado, sorri com lágrimas...

Chico tem sido um reflexo de muita Graça em pés andantes. Teus pés também o são, mãe!

“Humano Demais”. Sim, conhecia. É serenamente linda. Aliás, ouvi pela primeira vez na casa da Shirlene/ Ophelia. Elas têm o CD. Pedi emprestado na ocasião há alguns meses atrás (quando do niver da Ophelia). Há duas semanas atrás pensei em escrever um post e colocá-la. Daí, vieram outras inspirações. Cedi ao prazer das novas inspirações. Ainda não postei. A palavra não me deixa no engano: “ainda”.

SAUDADES. Mais que palavras. Um excesso que nem sei...

Beijão do filhote!

...

mãezinha, anna maria disse...

Lindo de mãe, no início do ano eu mandei para você esta música gravada em um cd, será que não recebeu? Que pena...
Mas, tudo bem, você pediu a Ophélinha e já gravou. Tenho 3 Cds dele e são todos maravilhosos.

Lindinho, aí está a letra da música Humano demais:

"Eu fico tentando compreender
O que nos Teus olhos pôde ver
Aquela mulher na multidão
Que já condenada acreditou
Que ainda havia o que fazer
Que ainda restara algum valor
E ao se prender em Teu olhar
Por certo haveria de vencer
E assim fizeste a vida
Retornar aos olhos dela
E quem antes condenava
Se percebe pecador
Teu amor desconcertante
Força que conserta o mundo
Eu confesso não saber compreender

Sou humano demais pra compreender
Humano demais pra entender
Este jeito que escolheste de amar, quem não merece
Sou humano demais pra compreender
Humano demais pra entender, que aqueles que escolheste
E tomaste pela mão geralmente eu não os quero do meu lado

Eu fico surpreso ao ver-te assim
Trocando os santos por Zaqueu
E tantos doutores por Simão
Alguns sacerdotes por Mateus
E, mesmo na cruz, em meio à dor
Um gesto revela quem Tu és
Te tornas amigo do ladrão
Só pra lhe roubar o coração
E assim foste o contrário,
O avesso do avesso
E por mais que eu me esforce
Não sei bem se Te conheço
Tu enxergas o profundo
Eu insisto em ver a margem
Quando vês o coração
Eu vejo a imagem

Sou humano demais pra compreender
Humano demais pra entender
Este jeito que escolheste de amar, quem não merece
Sou humano demais pra compreender
Humano demais pra entender, que aqueles que escolheste
E tomaste pela mão geralmente eu não os quero do meu lado".

Um beijo grande no seu coração que é lindo, maravilhoso, cheio de amor. Te amo muito, meu filho.
Madrezita, ANNA MARIA

P.S. Estou escrevendo uma carta para você, já está na terceira folha.

Related Posts with Thumbnails